segunda-feira, agosto 18, 2008

...




Adeus... De Eugénio de Andrade...

5 Comments:

Blogger isabel said...

continuo sem ouvir, mas acho que sei qual é. já "levei" com esse poema e não foi nada agradável a sensação :)

18 agosto, 2008 18:55  
Blogger carpe diem said...

isabel...

Pois... Mas este poema é lindíssimo :)...

beijinhos...

18 agosto, 2008 20:54  
Blogger pinguim said...

Eu adoro a Simone e acho que o Vitor de Sousa diz poesia como poucos; mas confesso que esta versão deste poema sublime de Eugénio de Andrade (e que a mim, pessoalmente, muito me marcou), não sai beneficiada com esta interpreta~ção a dois; é apenas uma opinião...
Beijinhos.

19 agosto, 2008 00:59  
Blogger carpe diem said...

pinguim...

Sabes que sinto o mesmo? Já o senti quando eles estiveram na Gala Abraço 2007 e agora senti novamente, mas não resisto à junção Simone/E. Andrade/Vitor de Sousa :)...

beijinhos...

19 agosto, 2008 08:26  
Blogger carpe diem said...

pinguim...

O final é muito bom!!! ;)

19 agosto, 2008 08:34  

Enviar um comentário

<< Home