domingo, julho 22, 2007

de Miguel Lucena

E quando as ondas se forem?
E por baixo dos pés só pó houver?
A lógica...
Estratégia de ser absoluto, imortal,
divino?
Portadores de mensagens, sonhos, esperas...
Reminiscências do que ainda irão ser...

3 Comments:

Anonymous Anónimo said...

As ondas vão e vêm.
Há lógica no seu partir e chegar.
As pégadas apagam-se, misturam-se com a espuma,duram o momento que deve ser vivido sem questões, sem medo, só porque não (re)conheço o amanhã.
Beijo
Butterfly

23 julho, 2007 01:53  
Blogger Teresa Duraes said...

Este comentário foi removido pelo autor.

23 julho, 2007 14:58  
Blogger Xana said...

As ondas vão...a espera alcança o sonho...imortal.
Sem medo... e as ondas voltam.

beijo meu

24 julho, 2007 01:07  

Enviar um comentário

<< Home