quarta-feira, agosto 20, 2008

...


"... Há só um pecado. É roubar.
Todos os outros são uma variante de roubo.
Percebeste? (...)
Quando matas um homem, roubas uma vida.
Roubas à mulher o direito ao marido.
Aos filhos o direito a um pai.
Quando dizes uma mentira, roubas a alguém o direito à verdade.
Não há acto mais vil do que roubar.
Percebeste?..."

extracto do filme "O Menino de Cabul"

6 Comments:

Blogger pinguim said...

Que grande verdade!
Só há uma uma única excepção, em que roubar, não digo que seja bom, mas se poderá justificar: se um pai rouba comida para alimentar um filho com fome...
Beijinhos.

20 agosto, 2008 15:12  
Blogger Marta said...

É, de facto, verdade. Penso que tudo se baseia num ciclo vicioso e num egoísmo profundo, no final de contas!

:)

Beijinhos

20 agosto, 2008 16:53  
Blogger carpe diem said...

pinguim...

Tal como em tudo a excepção faz a regra ;)...

beijinhos...

20 agosto, 2008 17:57  
Blogger carpe diem said...

marta...

Não quero acreditar que tudo se baseia por esses moldes... Recuso-me... :) vou fazendo o pouco que consigo e que posso, dentro do meu pequeno mundo!!!

beijinhos...

20 agosto, 2008 17:59  
Blogger Socrates daSilva said...

Muito bem visto!
Diria que existe apenas uma solução: não faças aos outros o que não queres que te façam a ti!
Bjs

21 agosto, 2008 00:07  
Blogger carpe diem said...

socrates dasilva...

Essa é uma das verdades absolutas!!! :)

beijinhos...

21 agosto, 2008 00:16  

Enviar um comentário

<< Home